28/08/16

Trans-Siberiano "low cost"

O comboio trans-siberiano, com as possíveis variações de percurso, está na bucket-list de muitos viajantes. Não raras vezes, é um sonho que vai sendo adiado pelos preços exorbitantes cobrados pelas agências de viagens, que geralmente recorrem a comboios privados para o efeito.

Há várias agências, como a Real Russia vendem bilhetes a preços bastante acessíveis e com um interface extremamente intuitivo que é uma mais valia na planificação das paragens pretendidas, horários e preços.

Esta é provavelmente a forma mais fácil de comprar os bilhetes antecipadamente mas qualquer uma destas agências acresce a sua comissão ao preço do bilhete.

Assim, a forma mais barata de obter os bilhetes é comprando-os directamente no site dos comboios russos, onde os preços são, em média, dois terços do preço apresentado no site da Real Russia.

O site em inglês tem este aspecto:


Um clique em "Passengers" na barra do canto superior esquerdo do ecrã, leva-nos ao motor de busca.
Convém criar conta antes de iniciar, inserir os pontos de partida e chegada, data e horário. Só é possível comprar bilhetes para comboios internos 45 dias antes. Comboios internacionais com partida na Rússia podem ser comprados com 90 dias de antecedência.




De seguida, é necessário escolher o comboio. Neste caso, só há um único comboio (e a cidade de Kazan é um "detour" do percurso tradicional), motivo pelo qual optamos por reservar já. O primeiro símbolo por baixo do símbolo de comboio, significa que o bilhete é electrónico.


Na parte inferior direita, têm o preço das diferentes classes a vermelho e imediatamente à esquerda, o número de lugares disponíveis.

Procede-se então à escolha da carruagem. Os bilhetes de 1ª classe são para compartimentos de duas pessoas, os de 2ª classe de quatro pessoas. Já a 3ª classe, corresponde a cama em dormitórios.
Convém verificar o tipo de carruagem e o que inclui o bilhete, pois por vezes incluem refeições. Algumas carruagens têm as pessoas separadas por sexo.

A partir desta fase aconselho que simulem a mesma compra no site da Real Russia, por facilitar na "tradução" das várias abreviaturas utilizadas.


Aqui podemos constatar que há dois tipos de bilhete de segunda classe, em que um deles separa os sexos. Reparem ainda que este bilhete é para Outubro e da 2ª classe mista já só tem dois lugares, após a nossa compra. O número do comboio, à esquerda, também nos diz algo sobre o mesmo. Números de com 2 ou 3 algarismos são geralmente mais rápidos - mas também mais caros - do que os que têm 4 ou mais algarismos. Os símbolos "fast" e "Firm" também se prendem com este facto.

Em qualquer símbolo, se pararem o cursor do rato em cima, explica não só o que significa como tem o equivalente no site dos comboios russos, ao qual voltamos agora para escolher os nossos lugares:


Aqui temos os lugares disponíveis em cada classe e clicando em "car plan" é possível escolher os lugares. No fundo da página, há um link para uma extensa lista de abreviaturas.

Por fim, inserem-se os dados dos passageiros, efectua-se o pagamento e já está!
Sendo bilhete electrónico, imprimimos o bilhete em casa. Escolhe-se o formato pretendido e clica-se em "Ticket form".



Caso o bilhete não seja electrónico, penso que tem que ser levantado numa estação de comboios.

Um bilhete que custava 58€ na Real Russia ficou por 37€ para mim e por 34€ para a Catarina, penso que faz parte do conceito de "preço dinâmico" aplicado, similar aos das tarifas das companhias aéreas low cost em que o preço vai subindo consoante vão sobrando menos lugares.

Ainda assim, no total fica por 61% do preço apresentado na Real Russia (71€ em vez de 116€).
Este site apenas permite a compra de comboios internos e comboios com partida na Rússia. Assim, para aqueles que queiram realizar o percurso Trans-Siberiano tradicional ou o Trans-Manchuriano, podem adquirir todos os bilhetes até Vladivostok ou Pequim (salvaguardando que não façam nenhuma paragem em território chinês no caso da última). 

Já para quem pretende realizar o Trans-Mongoliano, não é possível comprar o bilhete de Ulan-Bataar para a China.  É possível comprar esse bilhete na Real Russia mas fica consideravelmente mais barato noutros sites (já para não dizer na estação). Podem conferir isso mesmo bem como os custos finais da nossa viagem de comboio neste post.

Boas viagens!!!

08/08/16

Visto para a Rússia


Para os portugueses que desejarem visitar a Rússia é necessário tratar com antecedência do visto na embaixada da Rússia  ou no Centro de Vistos que se situam em Lisboa. O tipo de documentação a entregar vai depender do propósito da viagem à Russia. A duração da estadia máxima com o visto de turismo é de 30 dias e este só poderá ser obtido com a antecedência máxima de 90 dias antes do início da viagem. Neste post iremos falar dos procedimentos a tomar para a obtenção do visto de turismo.


Como tirar o visto de Turismo

1- Visitar o site do Centro de Vistos em Portugal;

2- Preencher o formulário que está disponível online e imprimir um cópia do preenchimento rubricando a mesma;

3- Reunir a documentação especificada no site necessária para a obtenção do visto;

4- Realizar uma marcação online no site do Centro de Vistos para marcar uma visita para a entrega dos documentos e pagamento das taxas. Para todos os não residentes em Lisboa é possível enviar a documentação por correio juntamente com o passaporte não havendo assim a necessidade de deslocação a Lisboa.

Documentação Necessária para Entrega

1- Passaporte  (c/ validade superior mínima a 6 meses e com duas páginas completas em branco);

2- Questionário do pedido do visto preenchido e assinado como no passaporte;

3- Carta Convite*
*Poderá ser obtida junto de um hotel em que se pretenda ficar por exemplo. Pagámos cerca de 20euros/ pessoa. Ter em atenção que terá que ser escolhido um operador com licença válida para turismo na Rússia.

4- Seguro de Viagem com cobertura mínima de 30 000euros.

5- Fotografia a cores 3.5x4.5;

Preços e Prazos




Sites Relevantes

www.vhs-portugal.com/

http://www.embrussia.ru

07/08/16

Outubro, o início de uma nova etapa...

Pois é, em Outubro iniciamos mais uma longa jornada, desta feita para a Ásia por terra!!!
 
 
Para já deixo apenas o plano para esses mês, não sendo difícil adivinhar para onde vamos de seguida... até já!